Quando e como utilizar o teste de contato para o diagnóstico da dermatite de contato

Quando e como utilizar o teste de contato para o diagnóstico da dermatite de contato

Baseado em 1 avaliações
  • 76 Alunos matriculados
  • 06 Minutos de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
"muito bom "
Carla
mais avaliações

As dermatites de contato são prevalentes na prática diária do dermatologista. O diagnóstico da dermatite geralmente não é difícil, mas muitas vezes a etiologia não pode ser encontrada sem investigação. O teste de contato é considerado exame in vivo seguro e capaz de revelar ou comprovar a etiologia de muitos casos de dermatite de contato. Os melhores resultados dependem da boa indicação e técnica de realização. Neste breve tempo procuraremos mostrar as melhores indicações e técnicas apropriadas.

2 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 2 anos após a matrícula.

Fisher’s Contact Dermatitis 7th ed, Smart Practice

Patch Testing, Anto C. de Groot, 4th ed.

Coordenadora: Dra Rosana Lazzarini e Dra. Roberta Buense
""


Palestrante: Mario Cezar Pires
""


Dermatologista e Alergista, Mestre e Doutor em Clínica Médica pelo IAMSPE, Responsável pela Gerência de Formação e Aprimoramento do Hospital Padre Bento

Honorários ou aulas Patrocinadas: Sanofi, Mantecorp, Theraskin

Consultoria ou advisory board: Sanofi, Mantecorp

Pesquisa: Lilly, Sanofi, Abbvie

Viagens, acomodações e despesas: nenhuma


Conteúdo Programático

  • 1. Quando e como utilizar o teste de contato para o diagnóstico da dermatite de contato - Dr. Mario Cezar Pires
Voltar ao topo