Dicas para tratamento da pitiríase versicolor no consultório

Dicas para tratamento da pitiríase versicolor no consultório

Baseado em 10 avaliações
  • 241 Alunos matriculados
  • 05 Minutos de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
"PARABENS...OTIMA AULA"
Juliana
mais avaliações
Nenhuma descrição cadastrada.
2 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 2 anos após a matrícula.
  1. Framil VMS, Melhem MSC, Szeszs MW, Zaitz C. Novos aspectos da evolução clínica da pitiríase versicolor. An Bras Dermatol. 2011;86(6):1135-40.
  2. Hald M, Arendrup MC, Svjagaard E, Lindskov R, Foged EK, Saunté DML. Evidence-based Danish guidelines for the treatment of Malassezia related skin diseases. Acta Derm Venerol. 2015;95:12-9.
  3. Rad F, Nik-Khoo B, Yaghmaee R, Gharib F. Terbinafin 1% and Ketoconazole 2% in the treatment of pityriasis versicolor: A randomized clinical trial. Pak J Med Sci. 2014;30(6):1273-5.
  4. Bakr E, Abdo H, Abd-Elaziz H, Abd-Elrazek H, Amer H. Adapalene gel 0.1% vs Ketoconazole cream 2% and their combination in treatment of pityriasis versicolor: A randomized clinical study. Dermatol therapy. 2020;33:e3319.
  5. Gupta AK, Lane D, Paquet M. Systematic review of systemic treatments for tinea versicolor and evidence-based dosing regimen recommendations. J Cutan Med Surg. 2014;18(2):79-90.
  6. Gupta AK, Foley KA. Antifungal treatment for pityriasis versicolor. J Fungi. 2015;1:13-29.
  7. Badri T, Hammami H, Bzioueche N, Zouari B,  Mokhtar I. Comparative clinical trial: fluconazole alone or associated with topical ketoconazole in the treatment of pityriasis versicolor. Tunis Med. 2016;94(2):107-11.
Coordenadores: Dr. John Veasey e Dr. Maurício Mendonça
""


Palestrante: Marilia Marufuji Ogawa
""


Graduação: PUC-SP – Dermatologia UNIFESP/EPM – Mestrado em Microbiologia Brigham Young University (USA) – Mestrado em Dermatologia UNIFESP – Doutorado em Dermatologia UNIFESP – Professor Adjunto Departamento de Dermatologia da UNIFESP – Coordenadora do ambulatório de dermatologia pediátrica  e grupo de Dermatite Atópica moderada a grave

Honorários ou aulas Patrocinadas: USK

Consultoria ou advisory board:

Pesquisa:

Viagens, acomodações e despesas:

Outros:


Conteúdo Programático

  • 1. Dicas para tratamento da pitiríase versicolor no consultório
Voltar ao topo