Aspectos clínicos e epidemiológicos da esporotricose em São Paulo

Aspectos clínicos e epidemiológicos da esporotricose em São Paulo

Baseado em 3 avaliações
  • 83 Alunos matriculados
  • 07 Minutos de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
" "
Thaís
mais avaliações

Esporotricose é doença infecciosa causada pelo fungo dimórfico Sporothrix sp,  ocorrendo infecção por trauma ou inalação. Existem poucos dados oficiais e científicos da esporotricose na cidade de São Paulo, com aparente ascensão de quadros ”atípicos” e disseminação de casos na cidade, com maior incidência na zona Leste e Norte.

2 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 2 anos após a matrícula.

Veasey JV, Neves Neto MF, Ruiz LRB, Zaitz C. 

Clinical and laboratory profile of urban sporotrichosis in a tertiary hospital in the city of São Paulo. 

An Bras Dermatol. 2021;96:245-8.

Coordenadores: Dr. John Veasey e Dr. Maurício Mendonça
""


Palestrante: Ligia Rangel Barboza Ruiz
""


Mestrado pela USP

Médica colaboradora da Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo, Setor de dermatoses infecciosas

Honorários ou aulas Patrocinadas: aula patrocinada Leopharma em 03 e 05/2021

Consultoria ou advisory board: não

Pesquisa: não

Viagens, acomodações e despesas: não

Outros: não


Conteúdo Programático

  • 1. Aspectos clínicos e epidemiológicos da esporotricose em São Paulo
Voltar ao topo